sexta-feira, 16 de setembro de 2011

O desemprego nos profissionais de Comunicação e Relações Públicas


Como consultor e ator nesta área este é um tema que me preocupa bastante. São cada vez mais os profissionais sem emprego. Com ou sem experiência este é um problema transversal a todo um setor que apesar da sua performance nos últimos anos (que considero positiva), não consegue assimilar todos os profissionais. Na minha opinião, a minimização desta situação passa por alterações a três níveis:

Ensino
» Uma menor oferta de cursos e formações na área;
» Programas curriculares adaptados à realidade e com uma forte componente prática (no mínimo 60 por cento);     
» Professores que não façam do ensino a sua principal atividade profissional. É fundamental ter experiência de campo;
» Valorizar e estimular uma cultura empreendedora;
» Alunos com uma perceção real do que é a Comunicação;

Perfil dos profissionais
» Desejar superar os limites;
» Procurar ver sempre o outro lado;  
» Ser competente, rigoroso e exigente;
» Irreverência;
» Estar atualizado;
» Investir no conhecimento;

Empregadores
 » Ética e profissionalismo;
» Honestidade e transparência;
» Desejar criar valor;
» Arrojo;
» Determinação;
» Conhecimento e foco no negócio.

3 comentários:

smpsebastiao disse...

Olá Renato,
Só um pequeno apontamento relativamente à afirmação: "Professores que não façam do ensino a sua principal atividade profissional. É fundamental ter experiência de campo", não são os professores que fazem do ensino a sua principal actividade... na universidade pública são obrigados a tal pelo ECDU. Além disso, os próprios estatutos da universidade obrigam à existência de professores-investigadores em exclusividade...
Neste ponto, resta-nos contar com a colaboração e generosidade dos profissionais para virem à universidade a workshops, aulas abertas e afins; ou organizar ateliers de formação extra-curriculares com profissionais.
cumps
Sónia Sebastião

Renato Póvoas disse...

Olá Sónia,
Muito obrigado pelo seu comentário e rectificação. Assim sendo, considero essa uma má regra... mas é apenas a minha opinião :-)
Volte mais vezes!
RP

Anónimo disse...

Boa noite, enquanto aluno de Comunicação & Relações Públicas considero que é fundamental existirem professores que tenhamn experiencia na área pois comparando uma aula com um professor que tenha 20 anos de experi~encia prática e outro que tenha terminado o curso e ingressado quase logo após o fim da sua licenciatura numa escola para dar aulas, é visível em que aula se aprende mais e melhor: na aula do professor que tem muitos anos de experi~encia prática! Penso que é como tudo na vida, a teoria é muito bonita mas a experiência de vida tem outro valor.