segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Olhar para o exterior



Mais do que ações internas para os seus associados, as associações deveriam promover iniciativas para o exterior que valorizassem o trabalho dos profissionais de comunicação ao serviço das empresas. A comunicação atravessa todos os setores de atividade económica, contribuindo para a afirmação das empresas, seja no mercado interno ou externo. É necessário sensibilizar os empresários portugueses para o importante papel da comunicação, numa perspetiva moderna e multidisciplinar.

É com muita pena que não vejo qualquer esforço para desmistificar as nossas práticas ou promover o trabalho dos profissionais de comunicação para fora do nosso setor (desculpem mas os Prémios são uma mera ação interna sem qualquer resultado fora deste âmbito). É vital que seja criado um plano estratégico para desenvolver este mercado, de forma séria e sólida, nos próximos anos através do reforço dos departamentos internos de comunicação ou da consultoria externa. Só assim será possível mobilizar as pessoas e introduzir uma dinâmica positiva que evite que as associações sejam simples clubes de amigos.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

IV Congresso Internacional de Relações Públicas


A convite do ISMAI, e depois de no ano passado não ter podido estar presente devido a um imprevisto de última hora, serei orador no IV Congresso Internacional de Relações Públicas. O evento decorrerá nos próximos dias 16 e 17 de Março nas instalações do ISMAI. Irei abordar o tema da Criatividade na Comunicação.


Deixo aqui o programa (ainda provisório) de todo o evento.


IV Congresso Internacional de Relações-Públicas

16 de Março:

Tema: A Gestão em Relações-Públicas

Gestão de Lóbi – Martins Lampreia
Gestão de Carreira / imagem – Pedro Abrunhosa
Gestão Negritode empresa de Eventos - Sérgio Vieira (The BEE Grupo Realizar)
Gestão de Comunicação, negociação e estratégia – João Figueiredo (Presidente ARPA)


17 de Março:

Tema: Comunicação e Protocolo

Comunicação Integrada – Margarida Küncsh
Criatividade na Comunicação - Renato Póvoas (Managing Partner da Guess What PR)
Relacionamento – António José Melo ( Prof. no ISMAI)
Protocolo Multicultural – Isabel Amaral (Presidente APEP- Associação Portuguesa de Estudos e Protocolo)
A comunicação com os Media - Hugo Gilberto (Prof. no ISMAI e Jornalista da RTP)

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

II World Forum “Communication on Top”

Terminou há poucos dias, em Davos, o II World Forum "Communication on Top". O português Rui Martins, director de Comunicação e Public Affairs da Dianova Portugal, foi novamente um dos responsáveis pela organização deste importante evento, que contou com a presença de especialistas de todo o mundo.

Deixo aqui o link para poderem aceder às principais conclusões do encontro e uma sugestão: Que tal Lisboa também ter o seu Fórum de Comunicação e Relações Públicas?

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Social Media Rules

Deixo aqui as minhas regras para as marcas estarem nas redes sociais:

- Conteúdos novos e relevantes;
- Promover o diálogo;
- Responder e actuar rapidamente (não ultrapassar os 60 minutos);
- Utilização de uma linguagem informal;
- Não controlar. Não proibir;
- Escutar verdadeiramente as pessoas;
- Falar sempre verdade;
- Mais do que simplesmente envolver as pessoas, incentivá-las para que sejam elas a definir a presença das marcas.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Dica para a HP



O Jornal de Negócios revela hoje que o juiz Carlos Alexandre, responsável pelo processo "Face Oculta", justificou os atrasos desta investigação com a falta de equipamento do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC). Segundo o magistrado, das várias solicitações que fez recentemente, apenas recebeu um "scanner", proveniente de outro tribunal. Continua assim com uma fotocopiadora em segunda mão e um fax com 11 anos.

Se eu fosse marketeer da HP ofereceria já hoje ao TCIC uma impressora multifunções (fax, impressora e scanner). Este seria certamente o melhor investimento da empresa nos últimos tempos.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Estagiários não remunerados


A questão dos estagiários não remunerados na área das Relações Públicas é um grave problema que deveria ser analisado com a máxima urgência e sem qualquer tipo de demagogia pelas diversas associações do sector. Até lá cabe-nos a todos denunciar e evitar a proliferação destes comportamentos abusivos, pois em nada contribuem para a evolução e afirmação das RP em Portugal.

(este post surgiu a propósito desta discussão)

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

A utilização de figuras públicas em causas sociais


No seguimento deste post deixo então aqui a minha opinião sobre o assunto. Quero ainda agradecer a todos os que me enviaram a sua opinião por aqui, via facebook ou email. Obrigado pela vossa participação.

As principais razões do fracasso dos projectos de responsabilidade social com figuras públicas:

- Utilização de “falsas” figuras públicas. Pessoas com clara fraca notoriedade;

- Uso de figuras públicas que são autênticas “prostitutas” de causas e eventos sociais;

- Pouca envolvência das pessoas nas causas. Muitas das vezes tudo é resumido a um único evento para a imprensa cor-de-rosa;

- Falta de coerência na escolha das pessoas. Atitudes ou comportamentos tidos no passado vão contra ao que defendem agora;

- Projectos de responsabilidade social com falta de consistência (riqueza comunicacional) e fraco grau de diferenciação;

- Falta de estratégia no planeamento dos projectos;

- Baixo nível de engagement;

- Pouca exploração de plataformas e ferramentas alternativas de comunicação.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O segurança mais famoso do Cascaishopping II


Mesmo ainda antes da nota prometida no meu último post, não posso deixar de registar o pedido de desculpa do CascaisShopping (notícia hoje da Meios & Publicidade) sobre a reportagem da SIC que dei aqui destaque no passado domingo. É de facto um acto louvável e simpático mas continuo a achar que foram demasiado anjinhos em toda a história...

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A utilização de figuras públicas em causas sociais - Estudo UK



De acordo com este estudo, a associação de figuras públicas a causas sociais é pouco relevante para os jovens. Qual é a sua opinião? Eu darei a minha no próximo post.