terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Comunicar com eficácia




Muitos dos projectos fracassam pois na essência não possuem aquilo que é o mais importante: relevância para as pessoas. Podem até ser muito apelativos em termos de imagem ou conseguir uma ampla divulgação, mas se o conteúdo não disser nada ao público, constatará que de nada valerá o seu esforço, não sendo suficiente para mudar comportamentos.

O egocentrismo desmedido, e isto é tão mais visível quando os insucessos se acumulam sucessivamente, faz esquecer os interesses da audiência e os destinatários da mensagem. Ou seja, está simplesmente a falar consigo próprio. Isto tanto se aplica a empresas, partidos políticos, autarquias ou bloggers. Se não for altruísta e cumprir apenas a sua “agenda”, o seu discurso, por muito pomposo que seja, será sempre oco naquilo que é mais básico – a sua essência. Por isso aconselho-o que comece a pensar mais nos outros para que nos próximos tempos eles pensem mais em si.

2 comentários:

Luisinha disse...

Gostei muito deste artigo. Concordo que se não nos sentirmos envolvidos no projecto, por mais apelativo que ele seja nunca nos sentiremos parte integrante do mesmo e claro o interesse e a forma de fazer as coisas diminui drasticamente. Obrigada, gosto muito do seu blog!!!

t_verde disse...

Eu concordo com a análise, mas por vezes acho que há empresas que vendem maus produtos/serviços e que cumprem objectivos pelo massacre comunicacional...