quarta-feira, 5 de outubro de 2005

A Origem dos Técnicos de Comunicação

No outro dia dei por mim a conversar com um colega meu sobre a origem das pessoas que trabalham nos departamentos de comunicação das empresas. A resposta surgiu ali rapidamente: vendas, recursos humanos ou secretariado, são alguns exemplos.
Curiosamente, as empresas, devido à necessidade de comunicarem com os seus diversos públicos, deslocam internamente pessoas provenientes das áreas mencionadas para os recém criados departamentos de comunicação. Muitas das vezes essas pessoas sem formação na área, ocupam mesmo o lugar de directores de comunicação. As fusões (e nos últimos tempos temos assistido a várias) são outro pretexto para isso acontecer. Para não se despedir tantas pessoas nestes processos, os gestores preferem arranjar uma solução interna, proveniente de outro departamento, sem formação adequada, para a área da comunicação. Isto acontece dado os gestores das empresas terem pouca ou mesmo nenhuma sensibilidade para esta disciplina, desvalorizando o potencial da mesma. Eles acreditam que todos têm capacidade e apetência para trabalhar nesta área.
Mais tarde, quando as empresas recorrem aos serviços de uma agência de comunicação as coisas complicam-se para estes últimos. Isto porque tem que se lidar com pessoas que pouco ou nada percebem, que pouca ou nenhuma experiência têm na área da comunicação. Desta forma, dizem os mais diversos disparates. Eis alguns exemplos:
- "Quantos jornalistas vamos ter na conferência de imprensa daqui a 3 dias?";
- "Eles não podem enviar os textos antes de serem publicados para nós revermos?";
- A uma hora do início da conferência de imprensa: "Soubemos agora que o nosso Director-Geral estará presente. Faça lá um forcing junto dos meios!";
- "Então e amanhã no evento temos televisões? E o Expresso?".
Para os clientes as suas iniciativas são sempre fantásticas e marcam sempre a agenda mediática nesse dia. Mesmo que o público-alvo não sejam os leitores do jornal Expresso ou Visão, eles gostam de ter notícias nestes meios. São considerados os órgãos de comunicação ideiais. Quero com isto dizer que tomam decisões em função de gostos pessoais e não em função da estratégia empresarial.
Podem pensar que são poucas as pessoas com responsabilidades na área da comunicação que fazem as perguntas ridículas que referi anteriormente, mas não, existem concerteza muitas e eu infelizmente conheço algumas. Exige-se uma mudança rapidamente!

4 comentários:

Anónimo disse...

The Beauty of Blogging
In July 2004 an anonymous blogger revealed his identity when he allowed his photograph to be taken at the Democratic National Convention.
Find out how to buy and sell anything, like things related to music on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like music!

Anónimo disse...

Glam.com Kicks Off Fashion Blog Network
Online fashion mag Glam.com kicked off the first blog network dedicated exclusively to fashion.
Hi, I was just blog surfing and found you! If you are interested, go see my and vitamins related site. you may still find something of interest.

leanordalexander27051325 disse...

I really enjoyed your blog. This is a cool Website Check it out now by Clicking Here . I know that you will find this WebSite Very Interesting Every one wants a Free LapTop Computer!

Anónimo disse...

Exmas. (os) Senhoras (es)

O 7º Congresso Europeu de Relações Públicas realiza-se em Lisboa, na Escola Superior de Comunicação Social, nos dias 10, 11, 12 de Novembro.

Este congresso que tem o apoio da FCT (Fundação para a Ciência e Tecnologia) é um dos, senão o mais importante, congresso desta actividade que se realiza na Europa e mesmo no mundo. A confirmá-lo está o elevado número de comunicações vindas dos quatro cantos do mundo (Nova Zelândia, Austrália, Africa do Sul, Europa de Leste e Ocidental, Ásia e América do Sul), bem assim como os participantes a que ultimamente se juntaram colegas da Serra Leoa Nigéria, e Gambia. O programa que vos mandamos mostra claramente esta diversidade.
Mas se é interessante a variedade de nacionalidades não é menos importante olhar os temas que irão ser abordados, a sua pertinência e os ensinamentos que todos podemos colher participando neste congresso.
Agora que neste país tanto se fala da importância da comunicação, quer em termos políticos, quer em termos sociais e económicos, assistir, debater, manifestar opiniões, trocar experiências com profissionais doutros países, mais evoluídos alguns, menos outros, mas de um modo geral uma multiplicidade de experiências tantas e tão variadas, é parece-nos, um momento a não perder.

Esperamos por si no próximo mês de Novembro


José Viegas Soares
Presidente do Congresso

Para mais informação por favor consulte: www.euprera.escs.ipl.pt