terça-feira, 19 de abril de 2011

PSD com toque de samba


Nas últimas horas soube-se que o PSD contratou um marketeer brasileiro para trabalhar a campanha de Pedro Passos Coelho nas próximas eleições legislativas. Mais uma vez, e como em tantas outras áreas, o “Compro o Que é Nosso” é algo que não se aplica na política nacional.

Relativamente a agências de comunicação, o PSD também foi claro dizendo que não iria contar com nenhum apoio a este nível. Assim sendo, mais dinheiro sobra certamente para croquetes e música para o povo. Resta apenas saber se teremos Tony Carreira ou Roberto Leal.

2 comentários:

Luisinha disse...

Mais uma vez se comprova a teoria que o que é bom é o que vem de fora. Com tanto bom profissional de comunicação português não havia necessidade!!!

Dr. Estagiário disse...

Eu diria Zé Cabra